Chuva volta a trazer sofrimento a moradores da Baixa de Quintas

Rua José Mariz Pinto, n°98, Estrada da Rainha, bairro da Baixa de Quintas. Esse é o endereço da casa de dona Aldete Macedo, que foi atingida com o desabamento parcial de uma oficina mecânica com as chuvas do sábado passado, e hoje (09), voltou a ser invadida pela lama proveniente da rua Joana D’Arc. A senhora de 75 anos e seu filho, já não aquentam mais tanto sofrimento e com a ajuda dos vizinhos tentam conter a fúria da correnteza, abrindo valas para o escoamento da água.

Esse não é o primeiro ano que a residência da pensionista é invadida pela lama. “Eu mora aqui há 49 anos e após a construção desse edifício é que começaram os problemas. É a quinta vez que isso ocorre. Mas dessa vez foi pior”, informou a dona de casa, referindo-se ao prédio situado na rua a cima de sua moradia.

Funcionários da Superintendência Manutenção e Conservação Cidade (Sumac), aproveitando a presença de alguns órgãos de comunicação, tentam mostrar serviço e passar a impressão de que a Prefeitura de Salvador não é omissa. Mas, os vizinhos de dona Aldete, muitos também sofrendo com o mesmo problema, já não aquentam as providencias paliativas por parte dos governantes e exigem que uma solução definitiva seja tomada.

Rafael Veloso

É editor do Site Rafael Veloso.com.br. Jornalista formado pelo Centro Universitário da Bahia – Estácio / FIB, em 2009. Tem experiência com produção de rádio e TV, passagem por veículos impressos e sites. Atua em assessoria de imprensa desde 2010.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *