A arte de Maragogipinho e do mestre Vitorino Moreira em exposição no Pelourinho

Foto: Francisco Moreira da Costa/Divulgação
Foto: Francisco Moreira da Costa/Divulgação
Mestre Vitorino Moreira, homenageado da exposição Maragogipinho e a Tradição do Barro
A produção artística de Maragogipinho, em especial, a do mestre Vitorino Moreira, tradicional oleiro de 90 anos estão na exposição Maragogipinho e a Tradição do Barro. São potes, panelas, moringas, mealheiros e muitas outras peças da cerâmica de Maragogipinho, localidade do recôncavo baiano. A mostra fica em cartaz no Instituto Mauá Pelourinho, de segunda a sexta-feira, das 9h as 17h30, até o final de abril, com entrada gratuita. Obras de diversos artistas do distrito estarão à mostra e à venda.
Em paralelo a exposição, será apresentado o documentário Mestre Vitorino – Histórias do Barro realizado pelas jornalistas baianas Bianca Moreira e Thalita Nascimento. O vídeo produzido em 2008 conta a vida do artesão e ressalta suas principais obras, o Boi-Bilha e as lajotas decoradas com Tauá e Tabatinga (tinturas extraídas da argila).
Boi Bilha e Mestre Vitorino – Completando 90 anos, o conhecido mestre Vitorino Moreira ganha homenagem através da exposição, por sua importante representação simbólica na região. O artista criou o boi-bilha, peça de artesanato que une a figura do boi nordestino e a bilha (muito utilizada para guardar cachaça). Por essa criação, mestre Vitorino recebeu Menção Honrosa da Organização das Nações Unidas (ONU), no Festival de Artesanato dos Países da América Latina e Caribe.

Serviço:

O que: Exposição Maragogipinho e a Tradição do Barro
Local: Instituto Mauá Pelourinho (Rua Gregório de Mattos, 27, Pelourinho)
Quando: Até 28 de abril
Horário: Segunda a sexta, das 9h as 17h30
Ingressos: Gratuito

Rafael Veloso

É editor do Site Rafael Veloso.com.br. Jornalista formado pelo Centro Universitário da Bahia – Estácio / FIB, em 2009. Tem experiência com produção de rádio e TV, passagem por veículos impressos e sites. Atua em assessoria de imprensa desde 2010.

Um comentário em “A arte de Maragogipinho e do mestre Vitorino Moreira em exposição no Pelourinho

  • 01/04/2010 em 10:01
    Permalink

    Fico fascinado e encantado com a cultura, tradição e artezanato regional.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *