Servidores de oito órgãos municipais fazem paralisação de 24 horas

Nesta quinta-feira (23) os servidores municipais da Transalvador, Sucop, Guarda Municipal, Fundação Mário Leal, Fundação Cidade Mãe, Setad, Sucom e Codesal fizeram uma paralisação de 24 horas. Eles reivindicam que o reajuste de 33,3% acordado com a Prefeitura de Salvador, na campanha salarial de 2009, seja pago. Segundo a categoria o que não está ocorrendo.

Eles exigem também a adequação dos salários dos funcionários que trabalham 40 horas. De acordo com Adenilton Júnior, representante de classe, os funcionários que trabalham 40horas ganham o mesmo dos 30 horas.

Com a paralisação, diversos serviços públicos deixam de ser prestados à população como salva-vidas, fiscalização de via exclusiva e ordenamento do trânsito. De acordo com a categoria, os serviços básicos foram mantidos por um contingente de 30% dos trabalhadores.

Rafael Veloso

É editor do Site Rafael Veloso.com.br. Jornalista formado pelo Centro Universitário da Bahia – Estácio / FIB, em 2009. Tem experiência com produção de rádio e TV, passagem por veículos impressos e sites. Atua em assessoria de imprensa desde 2010.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *