VI Panorama Internacional homenageia os 100 anos de cinema baiano

Foto: Divulgação
Foto: divulgação
As filmagens de "Redenção", primeiro longa-metragem produzido na Bahia, em 1959.

Com o tema Cem Anos de Cinema da Bahia, começa nesta quinta-feira (27), às 20h, no Espaço Unibanco de Cinema Glauber Rocha, a VI edição do Panorama Internacional Coisa de Cinema. Já na abertura, os premiados diretores, Vincent Carelli, do documentário Corumbiara e o espanhol José Luis Guerín, de Trem de Sombras, conversarão com a platéia após a exibição dos filmes.

Nesta edição do evento, mostras especiais homenagearão grandes diretores do cinema nacional e internacional, como os cineastas Akira Kurosawa e Eric Rohmer (morto no ano passado). Os 70 anos de Orlando Senna serão comemorados com uma retrospectiva da carreira do diretor.

O primeiro longa-metragem baiano, Redenção, de Roberto Pires, será exibido pela primeira vez após ser recuperado, na mostra Filmes Restaurados do Cinema Brasileiro, serão projetados filmes restaurados.

Compõem, ainda, essa mostra os longas Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964), de Glauber Rocha; Macunaíma (1969), de Joaquim Pedro de Andrade; O Homem que Virou Suco (1979), de João Batista de Andrade e A Hora da Estrela (1985), de Suzana Amaral.

Em 2010, a mostra competitiva do panorama terá sete longas-metragens e 16 curtas. No total, foram cerca de 480 produções audiovisuais inscritas. A programação completa está disponível no site www.coisadecinema.com.br.

Rafael Veloso

É editor do Site Rafael Veloso.com.br. Jornalista formado pelo Centro Universitário da Bahia – Estácio / FIB, em 2009. Tem experiência com produção de rádio e TV, passagem por veículos impressos e sites. Atua em assessoria de imprensa desde 2010.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *