Capitania dos Portos da Bahia realiza a 43ª Regata de Saveiros João das Botas

Aproximadamente 100 saveiros devem cruzaram o mar da Baía de Todos-os-Santos, durante a 43ª Regata João das Botas, no próximo dia 25 de janeiro. O evento, que é realizado pelo Comando do 2º Distrito Naval, através da Capitania dos Portos da Bahia (CPBA) e com patrocínio da Braskem, já que se tornou a mais importante competição de saveiros regionais à vela do Norte e Nordeste. As embarcações regionais dos tipos: saveiros de vela, de vela de içar e de pena, distribuídos nas respectivas classes, largarão às 13h, da praia do Porto da Barra, em Salvador. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas na Capitania dos Portos (Av. das Naus, s/nº, Comércio, Salvador ou pelo telefone 71 3507-3777).

As embarcações vencedoras receberão prêmios que variam de R$ 700 a R$ 200, além de troféus. A regata segue até próximo da Ilha de Itaparica, prossegue para a Cidade Baixa e retorna ao ponto de início. A chegada das primeiras embarcações está prevista para às 15h30. A partir das 6h, integrando a programação desta edição da regata, o Grupo de Escoteiros João das Botas realizará a limpeza da praia do Porto da Barra. Além disso, mergulhadores militares e de empresas de mergulho recolherão o lixo depositado no mar que será posteriormente reciclado. O objetivo da ação é conscientizar a população quanto à preservação do meio ambiente marinho e, em especial, despertar a importância de se manter limpa a areia das praias.

História da Regata João das Botas

Até a década de 1940, os saveiros eram o principal meio de transporte no Recôncavo baiano, responsáveis por quase 90% do abastecimento da capital. Nesta época mais de mil embarcações cruzavam o mar da Baía de Todos-os-Santos. A regata teve origem a partir de uma viagem de volta ao mundo realizada por baianos, a bordo de uma escuna. O visual da despedida dos iatistas, em 1969, composto por inúmeras embarcações, dentre elas vários saveiros, impressionou o então Capitão dos Portos da Bahia, que resolveu, a partir daquela época, organizar uma regata de saveiros. A regata foi realizada naquele ano e nos anos seguintes, até que, em 1972, foi nomeado seu patrono João Francisco de Oliveira, conhecido como João das Botas, herói da independência da Bahia e Oficial de Marinha que lutou contra as forças navais portuguesas na Baía de Todos os Santos, à frente de uma esquadra composta de saveiros.

 
Serviço:
O quê: 43ª Regata João das Botas;
Data: 25 de janeiro (domingo);
Horário: Largada a partir das 13h;
Largada: Praia do Porto da Barra.

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário da Bahia - Estácio em 2009. É editor-chefe do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou com produção de programas de TV e rádio, tem experiência com web jornalismo e há 11 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa. E-mail: contato@rafaelveloso.com.br.