MAM Ateliê estreia com o projeto Behind the Wall

A partir do dia 9 de janeiro, o público pode visitar e interagir com o projeto artístico

 

O programa MAM Ateliê, do Museu de Arte Moderna da Bahia, receberá o Behind the Wall por Roney George e Mijntje Strengholt. A partir deste sábado, dia 9 de janeiro, o projeto, que vem da Holanda, estará em Salvador. Na mostra, o baiano Roney George convida a holandesa Mijntje Strengholt para darem continuidade ao trabalho colaborativo, apresentado em abril de 2015, em Amsterdã. Aberta ao público, a exposição permitirá a visita de um trabalho em desenvolvimento. Será uma “vernissage” informal aberta ao público até o fim do mês.

Behind the Wall – Brasil, produzido por Simone Sampaio, visa a abertura de um espaço de trabalho na estrutura do museu, criando a perspectiva de um ateliê aberto e de construção coletiva em relação ao público e trabalhadores da instituição. Acontecerá no mesmo formato da edição realizada em Amsterdã, convidando o público a olhar para a prática de dois artistas visuais de diferentes origens, mas ligados pela espiritualidade, expressão figurativa e destemida verve artística. Roney George é fascinado pelo sagrado e profano, já a holandesa Mijntje ficou encantada com a vivência espiritual do Candomblé, ao visitar Salvador.

MAM Ateliê integra uma das plataformas da instituição que visa a construção de novas formas de diálogo entre a comunidade artística e o público por meio do processo aberto de criação. A dinâmica de trabalho, proposta pelos artistas Roney e Mijntje, cria um processo de experiência e comunicação entre o Brasil e a Holanda. Em Amsterdã, foi uma experiência que deixou os artistas perplexos, felizes, e definitivamente, com vontade de continuar.

A condição é trabalhar juntos no mesmo espaço, partilhando as impressões, visões de mundo e até mesmo compartilhando telas. Behind the Wall propõe expor o processo criativo da cultura popular, uma das principais influências do trabalho da arquiteta modernista ítalo-brasileira Lina Bo Bardi, que ficou bastante conhecida por ter projetado o Museu de Arte de São Paulo (MASP). E a inspiração vai muito além. Em seu partido arquitetônico para a requalificação do MAM, ela priorizou que as estruturas fossem voltadas para o público, para o coletivo. A ideia dela era que projetos museológicos e artísticos pudessem ser participativos, fugindo do processo tradicional, fechado. Exatamente como acontece com o projeto de Roney George e Mijntje Strengholt.

O objetivo de trazer Behind the Wall para o Brasil é fechar o círculo de influência entre as duas cidades, Amsterdã e Salvador. No dia 15 de janeiro, sexta-feira, a música completa as linguagens artísticas com um pocket show de Jota Veloso, das 19h às 20h, e pouco antes, às 17h, o público poderá desfrutar de um bate papo com o também artista plástico baiano J. Cunha, cuja trajetória artística está diretamente vinculada ao universo afro-brasileiro.

Em Amsterdã

Behind the Wall – Amsterdã foi um projeto de trabalho intenso, coroado por uma abertura onde de fato os dois mundos se tocaram. A ponte entre artistas e público, entre Brasil e Holanda, entre sagrado e profano foi atravessada repetidamente durante todo o processo. Até que já nem público nem artistas sabiam ao certo de que lado estavam.

O projeto foi uma pesquisa pelo mundo de dois artistas e as suas fascinações mútuas. Mas rapidamente se transformou em algo maior. Uma página do Facebook foi criada para o projeto e era atualizada quase todos os dias com novo trabalho dos artistas, pequenos vídeos dos trabalhos em processo e todos os tipos de pormenores do projeto. As reações do público começaram logo na rede social, e um verdadeiro grupo de fãs manteve-se atento ao desenvolvimento do projeto, deixando as suas opiniões, dando conselhos, tornando-se realmente parte do processo.

 

Serviço

O quê: MAM Ateliê – Behind the Wall por Roney George e Mijntje Strengholt

Quando: De 09 de janeiro a 14 de fevereiro de 2016

Horário: 13h às 18h

Local: MAM – Museu de Arte Moderna da Bahia

Rafael Veloso

É editor do Site Rafael Veloso.com.br. Jornalista formado pelo Centro Universitário da Bahia – Estácio / FIB, em 2009. Tem experiência com produção de rádio e TV, passagem por veículos impressos e sites. Atua em assessoria de imprensa desde 2010.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *