"Põe sua mão protetora em minha cabeça e me faz dormir"

Pode parecer ironia do destino, mas no intervalo de 21 dias tive de voltar, anteontem (dia 19), ao Cemitério do Campo Santo, em Salvador. Desta vez para sepultar minha avó. Todos sabiam que seu estado era delicado, mas sua lucidez e força de vontade de ir logo para casa, nos enchia de esperanças de sua plena recuperação.

Ler mais

“Põe sua mão protetora em minha cabeça e me faz dormir”

Pode parecer ironia do destino, mas no intervalo de 21 dias tive de voltar, anteontem (dia 19), ao Cemitério do Campo Santo, em Salvador. Desta vez para sepultar minha avó. Todos sabiam que seu estado era delicado, mas sua lucidez e força de vontade de ir logo para casa, nos enchia de esperanças de sua plena recuperação.

Ler mais

Em memória de meu amigo Fábio

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos. (Autor Desconhecido). Essa mensagem é em memória de Fábio Costa, um rapaz de 21 anos cheio de vida, que nos deixou ontem. “Brother, onde você estiver fique em paz e com sua alegria contagiante.

Ler mais