Broncas do Rafa – Vítimas do abandono

Por Rafael Veloso*

Estabelecido há pouco mais de dez anos o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), na realidade não vem sendo comprido em sua totalidade no Brasil. Vemos atualmente, nas ruas dos grandes centros urbanos, meninos e meninas abandonados, na prática da mendicância nas sinaleiras. Marginalizados pela sociedade, são privados de seus direitos básicos como: moradia, educação, saúde, cultura, etc., essas crianças são vítimas de agressões morais e físicas.

Frutos, em sua maioria, de famílias desorganizadas socialmente, com pais analfabetos ou semi-analfabetos, ausentes e repressores. É estarrecedor, em pleno século XXI, vermos estampadas nas páginas de jornais e revistas de grande circulação, bem como em telejornais, imagens de crianças e adolescentes em trabalho escravo. Em ambientes desumanos, esses menores têm a sua infância roubada e vêem seus sonhos cada vez mais longe de se tronarem realidade.

Só com a conscientização do verdadeiro papel dos pais de educadores – orientadores, e não de carrascos – opressores, uma política social verdadeira por partes dos governantes e uma maior cobrança da sociedade em relação ao comprimento das leis do Estatuto da Criança e do Adolescente, é que teremos realmente um futuro digno para a nossa nação.

 

*Texto escrito em 14 de dezembro de 2002.

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário da Bahia - Estácio em 2009. É editor-chefe do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou com produção de programas de TV e rádio, tem experiência com web jornalismo e há 11 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *