Minissérie “O Portador”

“Eu continuo. A morte é inquilina do meu corpo e acompanha a minha sombra por onde quer que eu vá…mas eu continuo indo adiante, e posso encontrar a fatalidade na próxima esquina, como posso seguir pela cidade afora (…) até que a morte nos separe… eu continuo…eu estou vivo. Viva a vida!”.

Fala do personagem Léo, vivido pelo ator Jayme Periard, em 1991 no final na minissérie O Portador, da Rede Globo. Essa minissérie, escrita por José Antônio de Souza e Aziz Bajur, com direção de Herval Rossano, abordava a história de um empresário que contraiu o vírus HIV/Aids numa transfusão de sangue, após um acidente aéreo.

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário Estácio da Bahia - Estácio FIB em 2009. É editor do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou em produção de programas de TV e rádio, tem experiência com web jornalismo e há 11 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa. E-mail: contato@rafaelveloso.com.br.