Broncas do Rafa – Estelionato Federal

Você já parou para pensar que esta jogando dinheiro fora ou pagando duas vezes pelos mesmos serviços? Não seria o caso de denunciarmos os nossos governantes ao PROCON ou a outros órgãos de Defesa do Consumidor por propaganda enganosa?

O Brasil têm uma das maiores cargas tributarias do mundo e pouco, ou quase nada, recebemos em troca. No jogo de interesses, barganha e troca de favores, os únicos favorecidos em nosso país, tem sido os políticos corruptos e pessoas inescrupulosas.

Alguns exemplos – Você paga o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para ter uma rua com asfalto de boa qualidade, paga Taxa de Iluminação Pública (TIP) para ter ruas bem iluminadas, paga a Taxa de Lixo (TL) para ter uma cidade limpa, paga Previdência Social (INSS) para ter uma aposentadoria tranquila. Mas, você que paga seus impostos – se não em dia com juros e multa por atraso -, tem assegurado esses serviços?

Paga-se tributos ao erário público em todos os bens comprados ou em serviços contratados, mas quando o cidadão precisa se proteger contra a violência e a criminalidade tem que pagar empresas que prestam serviços de segurança particular. Se você sonha em ver seus filhos formados e com boas chances de ingressar no mercado de trabalho – cada vez mais competitivo -, tem que investir em estabelecimentos de ensino pagos (escolas e universidades).

Se o desejo é ter um atendimento médico digno e de boa qualidade, terá que pagar um plano de saúde. De preferencia que não faça parte da lista dos planos boicotados pelos Conselhos Regionais de Medicina. É ou não é um estelionato federal contra os cidadãos brasileiros?

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário da Bahia - Estácio em 2009. É editor-chefe do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou com produção de programas de TV e rádio, tem experiência com web jornalismo e há 11 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *