Iniciados festejos do 2 de Julho

Uma missa presidida pelo cardeal dom Geraldo Majella, na Catedral Basílica de Salvador, deu início nesta terça-feira (dia 1º) a festa cívica comemorativa dos 185 anos da Independência na Bahia. Às 16h, o fogo simbólico chegou ao bairro de Pirajá quando os prefeitos de Salvador e Simões Filho hastearam as bandeiras do Brasil e da Bahia, em frente ao panteão do general Labatut.

O desfile ao 2 de Julho está programado para começar às 9h com as presenças do governador Jaques Wagner, do prefeito de Salvador João Henrique, da presidente do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB), professora Consuelo Pondé, e outras autoridades estaduais e municipais. Pela manhã, o desfile sairá do Largo da Lapinha até a Praça da Sé. À tarde, o desfile segue da Praça Municipal até o Campo Grande, onde os carros do Caboclo e da Cabocla ficaram em exposição até sábado (dia 5).

Independência do Brasil na Bahia – No dia 2 de Julho de 1823, o Exército Pacificador entrou na cidade de Salvador, que era ocupada pelo exército português, tomando a cidade de volta e consolidando a Independência do Brasil, proclamada em 7 de setembro de 1822.

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário Estácio da Bahia - Estácio FIB em 2009. É editor do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou em produção de programas de TV e rádio, tem experiência com web jornalismo e há 11 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa. E-mail: contato@rafaelveloso.com.br.