Morre o cantor do mar da Bahia, Dorival Caymmi

Morreu neste sábado (dia 16), no Rio de Janeiro, aos 94 anos, o cantor e compositor baiano Dorival Caymmi. Vítima de falência múltipla de órgãos e insuficiência renal, Caymmi imortalizou em suas composições o seu amor pela Bahia. Músicas como: O Que É Que a Baiana Tem?, Acontece Que Eu Sou Baiano, Coqueiro de Itapoã, É Doce Morrer No Mar, Marina, Rosa Morena, Maracangalha, Samba da Minha Terra, entre tantas outras, interpretadas pelo próprio compositor ou por artistas como Carmem Miranda, Gal Costa e Maria Bethânia, levaram as belezas da Bahia e a magia da mulher baiana ao mundo.

Dorival Caymmi nasceu em Salvador em 30 de abril de 1914. Ele começou sua carreira artística em 1936 ao ganhar um concurso de músicas carnavalescas. Incentivado por amigos, mudou-se para o Rio de Janeiro em 1938. A música O que é que a baiana tem?, eternizada na interpretação de Carmen Miranda, em 1939, foi seu primeiro grande sucesso. A canção marcou ainda o início da carreira internacional da “pequena notável”, como Carmen Miranda ficou conhecida.

Dorival Caymmi deixa viúva, a cantora Stella Maris, com quem viveu por 68 anos, e três filhos, os também músicos Dori, Nana e Danilo Caymmi. O prefeito de Salvador João Henrique Carneiro decretou luto oficial por três dias.

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário Estácio da Bahia - Estácio FIB em 2009. É editor do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou em produção de programas de TV e rádio, tem experiência com web jornalismo e há 11 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa. E-mail: contato@rafaelveloso.com.br.