CNPq reajusta e amplia para 90 mil o número de bolsas de pesquisa

O CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) reajustou e ampliou de 72 mil para 90 mil bolsas de pesquisa nas modalidades de Iniciação Científica, Apoio Técnico, Pós-Doutorado, Pós-Doutorado Sênior e Produtividade em Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico. O reajuste médio foi da ordem de 21%, com destaque para a bolsa de pós-doutorado, que passou de R$ 2.218,56 para R$ 3.200, um incremento de 44%.

As bolsas de Iniciação Científica (IC) foram as mais beneficiadas no quantitativo, pulando de 29 mil para 43 mil, um aumento de 48%. O acréscimo no número das bolsas de Iniciação Científica se dá em um momento em que o país dedica maior atenção ao setor de ciência, tecnologia e inovação, que recebe o maior orçamento federal de sua história, mais de R$ 7 bilhões.

As bolsas de IC contemplam estudantes de graduação universitária (Pibic); do ensino técnico e superior para o desenvolvimento e transferência de novas tecnologias e inovação (Pibiti); e de estudantes do ensino fundamental, médio e profissional da Rede Pública (IC Júnior).

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário Estácio da Bahia - Estácio FIB em 2009. É editor do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou em produção de programas de TV e rádio, tem experiência com web jornalismo e há 11 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa. E-mail: contato@rafaelveloso.com.br.