Estudo revela que 75% da classe C de Salvador já comprou produto pirata

Um estudo da consultoria Quorum Brasil mostra que, em Salvador, 73% dos homens e 75% das mulheres de classe C já compraram produtos piratas.
Foram entrevistados 420 consumidores na capital baiana e em São Paulo. Na metrópole paulista, o índice chegou a 90%. Entre os produtos mais comprados estão CDs, DVDs E óculos.

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário Estácio da Bahia - Estácio FIB em 2009. É editor do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou em produção de programas de TV e rádio, tem experiência com web jornalismo e há 11 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa. E-mail: contato@rafaelveloso.com.br.