Exposição do Prêmio Marcantonio Vilaça encerra temporada em Salvador

Os soteropolitanos têm até domingo (dia 14) para conferir a exposição itinerante do Prêmio CNI SESI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas (edição 2009/2010), em cartaz no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), em Salvador. A visitação ocorre de terça a domingo das 13h às 19h e no sábado, das 13h às 21h.

A mostra reúne trabalhos dos artistas Armando Queiroz (PA), Eduardo Berliner (RJ), Henrique Oliveira (SP), Yuri Firmeza (CE) e Rosana Ricalde (RJ). São 33 obras concebidas com as mais variadas técnicas, como acrílico sobre tela, desenho, pintura sobre papel perfurado, back light, óleo sobre tela, foto-performance, videoinstalação, instalação e vídeo em loop.

De Salvador, a exposição do Prêmio Marcantonio Vilaça segue para Florianópolis (SC) e Goiânia (GO). O prêmio é uma homenagem advogado, colecionador e galerista Marcantonio Vilaça (1962 – 2000), um dos principais responsáveis pela projeção internacional da arte contemporânea brasileira nas décadas de 1980 e 1990. Villaça morreu aos 37 anos de parada cardíaca, no dia 1º de janeiro de 2000.

Serviço:

O quê: Exposição Marcantonio Vilaça

Quando: de terça a domingo, das 13h às 19h e sábado, das 13h às 21h (até 14/11)

Onde: Museu de Arte Moderna da Bahia (Av. Contorno, s/n, Solar do Unhão)

Quanto: ingresso gratuito

Informações: (71) 3117-6139

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário Estácio da Bahia - Estácio FIB em 2009. É editor do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou em produção de programas de TV e rádio, tem experiência com web jornalismo e há 11 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa. E-mail: contato@rafaelveloso.com.br.