O tempestuoso amor entre os poetas Rimbaud e Verlaine no espetáculo “Pólvora e Poesia”

A história de amor e ódio entre os poetas Arthur Rimbaud e Paul Verlaine é tema do espetáculo Pólvora e Poesia, que estreia neste sábado (dia 4), às 20h, no Espaço Cultural da Barroquinha, em Salvador. O texto do novelista Alcides Nogueira – vencedor do Prêmio Shell 2001 – é encenado pelos atores Caio Rodrigo (Verlaine) e Talis Castro (Rimbaud), com direção do veterano Fernando Guerreiros.

O espetáculo retrata um período da vida dos dois maiores poetas do século XIX. Rimbaud (1854-1891), um jovem poeta desconhecido, e Verlaine (1844-1896), um artista já renomado, que se aproximam por meio de cartas. Arrebatado com os versos do poeta, Verlaine convida Rimbaud para morar em Paris, juntamente com sua mulher, Mathilde. Começa ai um amor tempestuoso, marcante e intenso entre os dois artistas.

Serviço:

O quê: Peça Pólvora e Poesia

Onde: Espaço Cultural Barroquinha (Rua do Couro, em frente à Praça Castro Alves)

Quando: sextas e sábados, às 20h e domingos, às 19h (Até 19/12)

Quanto: ingresso a R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada)

Informações: http://polvoraepoesiaba.blogspot.com/

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário Estácio da Bahia - Estácio FIB em 2009. É editor do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou em produção de programas de TV e rádio, tem experiência com web jornalismo e há 11 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa. E-mail: contato@rafaelveloso.com.br.