Documentário mostra as transformações na vida de jovens músicos do Neojiba

O documentário Neojiba – Música que Transforma mostra as mudanças que a prática instrumental realizou na vida de jovens músicos baianos. Dirigido por Sergio Machado e George Walker Torres, o filme, que já disponível na plataforma de streaming Netflix, revela as dificuldades e conquistas e como a música tem impactado as famílias desse jovens e suas comunidades inteiras.

Neojiba – Música que Transforma apresenta depoimentos como da jovem Maria Fernanda Cardoso, integrante do Coro Juvenil do Neojiba. “Você já pensou que compositores como Beethoven, Bach e Bruckner, não imaginariam que pessoas negras, jovens de uma das cidades que não tem tanto incentivo à música clássica, pudessem subir num palco e mostrar para o mundo que a música importa, que a gente está ali unido”, declara.

Além dos depoimentos dos jovens músicos do Neojiba, o longa também apresenta concertos da Orquestra Juvenil da Bahia regidos pelo maestro Ricardo Castro com a participação de grandes nomes da música de concerto, como a pianista Martha Argerich, a violinista Midori e o percussionista Colin Currie. O documentário Neojiba – Música que Transforma foi produzido pela Janela do Mundo e entrou no catalogo de filmes da Netflix no dia 1º de junho.

Mais de 10 mil suas vidas transformadas

Criado em 2007 pelo pianista, educador, regente e gestor cultural Ricardo Castro, os Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba) é vinculado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Governo do Estado da Bahia (SJDHDS). Atualmente, o  Neojiba atende 1.970 integrantes diretos em seus Núcleos e 4.500 indiretos em ações de apoio a iniciativas musicais parceiras. Nesses 14 anos de atuação do programa mais de 10 mil crianças, adolescentes e jovens tiveram suas vidas transformadas pela música, através da iniciativa.

O Neojiba conta com um total de 13 núcleos, sendo o Núcleo Central localizado em Salvador, mais três Núcleos Territoriais em Feira de Santana, Vitória da Conquista e Teixeira de Freitas e outros nove Núcleos de Prática Musical sediados em diferentes bairros da capital e nos municípios baianos de Simões Filho e Jequié.

Rafael Veloso

Jornalista formado pelo Centro Universitário da Bahia - Estácio em 2009. É editor do site Rafael Veloso.com.br desde 2003. Atuou com produção de programas de TV e rádio, tem experiência com web jornalismo e há 11 anos trabalha com Assessoria de Comunicação Interna e Externa. E-mail: contato@rafaelveloso.com.br.