Circuito Sala de Arte reabre primeiro cinema em Salvador

Depois de 18 meses fechado o Circuito de Cinema Sala de Arte volta a funcionar em Salvador. A partir desta quinta-feira (dia 7), o Cine MAM, no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-Bahia), será a primeira sala do circuito na capital baiana a voltar a exibir películas nacionais e estrangeiras.

A reabertura só foi possível depois de uma campanha que durou 40 dias para arrecadar doações para a Sala de Arte. A exibição dos filmes acontecerá semanalmente de terça a quinta, com quatro sessões. Na sexta, sábado e domingo acontecerão cinco sessões. Especialmente nesta segunda-feira (dia 11), véspera de feriado, ocorrerão cinco sessões. Confira programação desta semana abaixo e no site http://saladearte.art.br.

O funcionamento do Cine MAM obedece a todos os protocolos determinados pelas autoridades de saúde, municipais, estaduais e federais. Os cinemas de Salvador já estavam liberados a funcionar desde maio deste ano. Em função do fechamento durante a pandemia, o Circuito Sala de Arte passou por dificuldades e por isso foi realizada uma campanha de arrecadação de recursos.

“O sucesso da campanha foi essencial para a reabertura, mas o retorno do público às salas de cinema é que vai garantir a continuidade desses espaços de cultura e arte, tão importantes para a cidade”, enfatiza uma das sócias do Circuito, Suzana Argollo. Segundo ela, as demais salas ainda passarão por manutenção na estrutura física e equipamentos.

MAM-Bahia reabre espaços de forma gradual e por etapas

O Cinema Sala de Arte do MAM foi o terceiro espaço a ser aberto no museu que está reabrindo de forma gradual e por etapas. Os primeiros espaços reabertos à visitação pública em 17 de agosto foram com as salas expositivas da Capela e Casarão e a exposição O Museu de Dona Lina, seguido do Café Sala de Arte juntamente com os Pátios da Mangueira e do Pôr do Sol. “No próximo dia 19 de outubro estaremos reiniciando o Programa de Residências Artísticas do MAM-Bahia com a Pinacoteca do Beiru e até início de dezembro serão inaugurados o Espaço Lina Bo Bardi e o Espaço Unhão”, relata Pola Ribeiro, diretor do MAM-Bahia. Em 2022, acontecerá a entrega do Parque das Esculturas.

As áreas livres abertas até agora somam mais de 2.500 m² de espaços a céu aberto que garantem ventilação permanente e possibilidade de distanciamento entre as pessoas. As máscaras continuam obrigatórias. O MAM dispõe de aferição de temperatura na portaria, álcool gel e sinalizações internas e externas de segurança. O Pátio da Mangueira onde está a entrada do Cinema do MAM dispõe de mesas, cadeiras e sombreiros do Café Sala de Arte, com acesso aos espaços expositivos, ao café e sanitários. O local tem esse nome em função da mangueira com mais de 15 metros de altura e uma grande copa.


Confira a programação da Sala de Arte – Cine MAM – de 7 a 13 de outubro:

A DONA DO BARATO (La Daronne) – ESTREIA!

De Jean-Paul Salomé. Com Isabelle Huppert, Hippolyte Girardot, Liliane Rovère. França, EUA. 2021. Patience Portefeux (Isabelle Huppert) é uma tradutora policial francês-árabe que é especializada em escutas telefônicas para a unidade antinarcóticos. Um dia, enquanto escuta os traficantes procurados, ela descobre que um deles é filho da fantástica mulher que cuida da sua mãe. Duração: 1:46. Classificação: 16 anos.

12h30 (Apenas sábado, domingo, segunda e terça)

18h30 (DIARIAMENTE)

CRY MACHO – O CAMINHO PARA A RENDENÇÃO (Cry Macho) – ESTREIA!

De Clint Eastwood. Com Clint Eastwood, Eduardo Minett, Natalia Traven. EUA. 2021. Mike Milo (Clint Eastwood), um ex-astro de rodeio e criador de cavalos fracassado, aceita uma proposta de trabalho de um ex-chefe para trazer o jovem filho desse homem de volta do México para casa. A dupla improvável enfrenta uma jornada inesperadamente desafiadora, durante a qual o cavaleiro cansado do mundo pode encontrar seu próprio senso de redenção ensinando ao menino o que significa ser um bom homem. Duração: 1:45. Classificação: 12 anos.

14h30 e 20h30 (DIARIAMENTE)

O HOMEM QUE VENDEU SUA PELE (The Man Who Sold His Skin) – ESTREIA!

De Kaouther Ben Hania. Com Yahya Mahayni, Dea Liane, Monica Bellucci. Tunísia, França, Alemanha, Suécia, Turquia. 2021. Sam Ali, um jovem e impulsivo sírio que deixou seu país, pelo Líbano, para escapar da guerra. Almejando viajar para a Europa e viver com o amor de sua vida, ele aceita ter suas costas tatuadas por um dos artistas contemporâneos mais cultuados do mundo, transformando seu próprio corpo em uma linda e prestigiosa obra de arte. Duração: 1:48. Classificação: 14 anos.

16h30 (DIARIAMENTE)